Whatsapp
 
 
 
Home
Empresa
Banho e Tosa
Creche e Hotel
Veterinário
Galeria
Blog
Contato
ˆ
Pata rosa Pet Black White Pet Guarulhos

7 ideias de brincadeiras para filhotes de cachorro

Cara relaxada, boca aberta, língua de fora e até latidos. É fácil saber quando nossos amigos estão felizes. E as brincadeiras para filhotes de cachorro são muito importantes para eles em muitos aspectos, não apenas para a diversão.

É por meio dos jogos que o filhote aprende a descobrir o mundo e cria uma relação de confiança com seu tutor. As brincadeiras também ajudam no desenvolvimento social e no bem educar do seu amigo canino, além de garantirem um mínimo de atividade física, que é fundamental para o bem-estar. É ainda por meio delas que você poderá observá-lo e descobrir suas preferências.

Aprendendo a brincar

Tutora brincando com seu cachorro no parque

É importante aprender a brincar com o cachorro e saber quais brinquedos comprar. Confira algumas ideias para você curtir e se divertir com seu pet e comece já a colocá-lo para se exercitar:

1. Brincando com corda

Pegue uma corda e puxe-a delicadamente de um lado enquanto ele puxa do outro. Cuidado com a força para evitar danificar os dentes. Se o seu cachorro parece ansioso ou tímido, este jogo pode ser benéfico para o seu desenvolvimento. Para fortalecer sua autoconfiança, deixe-o ganhar. Deixe a competitividade para outro dia, ok?

2. Esconde-esconde

Para começar, peça a seu amigo que se sente e fique no lugar. Então esconda-se e chame-o pelo nome. Quando ele te encontrar demonstre felicidade e o elogie pela rapidez e esperteza.

Este jogo permite que o seu cachorro aprenda a encontrá-lo quando ele não te vir e também a se aproximar de você quando você o chamar. E ainda ajuda no desenvolvimento do olfato.

Seu cão não fica no lugar quando você vai se esconder? Então volte algumas casas desse jogo e comece pelo início: é preciso treiná-lo para que ele não se mova quando você pedir para ele ficar parado.

3. Encontrando objetos

Tutor atirando graveto para seu cão buscar

É quase um esconde-esconde, mas em vez de se esconder, você irá esconder um objeto e pedir para seu cachorro encontrá-lo. Caso ele não encontre, então você deverá entrar em ação levando seu pet até o esconderijo e ensinando-o a buscar.

4. De volta para a origem

Mostre um brinquedo ou uma bola ao seu companheiro e peça para ele se sentar ou não se mexer. Em seguida, lance o objeto não muito longe de você e peça ao seu filhote para pegá-lo e trazê-lo de volta aos seus pés. Não esqueça dos elogios (e petiscos, claro) quando ele cumprir a tarefa.

Com este jogo, ele aprenderá a te dar o que tiver na boca imediatamente quando você pedir, o que pode ser útil para protegê-lo sob certas circunstâncias.

5. Comandos

Ensine comandos simples ao seu pet: ‘senta’, ‘levanta’, ‘rola’, ‘deita’, ‘dá a patinha’. Mas não fique nessa brincadeira por mais de dez minutos (porque ninguém merece ficar obedecendo por tanto tempo, não é mesmo?).

Lembre-se de sempre recompensá-lo quando ele fizer o que você pedir. A brincadeira, além de distrair, ajuda a deixá-lo mais obediente. Confira também outras dicas para seu filhote crescer disciplinado.

6. Pula-pula

Pegue um objeto com o qual seu pet gosta de brincar, estenda a mão até o alto e o incentive a pular para alcançá-lo. Aqui você não precisa dar mole: quando ele alcançar sua mão pule para dificultar e, caso ele consiga, dê um prêmio como um biscoito ou um novo brinquedo, além de muito carinho;

7. Mordidas

Cachorros adoram morder, então ofereça ao seu filhote brinquedos de borracha resistente, pois é a fase em que os dentes estão crescendo e isso pode ser desconfortável para ele.

Ainda que os espaços sejam mais restritos, brinque muito com seu filhote. Ele precisa gastar energia. E isso faz parte do que chamamos de enriquecimento ambiental, uma combinação adequada de estímulos similares aos que ele encontraria na natureza. Elas aumentam a qualidade de vida do animal e evitam distúrbios de comportamentos.

Assim, além das brincadeiras acima, atividades que estimulem a procura por alimentos, caça por diversão e outros comportamentos naturais como roer, arranhar são mais do que recomendáveis. Por exemplo, como eles adoram mastigar, dê cordas, ossos de nylon rígido e brinquedos adequados para isso.

Uma dica é fazer o cão buscar sua comida, deixando o alimento em qualquer lugar e estimulando o pet a farejá-lo. Você pode ainda esconder petiscos ou grãos de ração, em cantos onde ele costuma ficar para estimular seu olfato.

Importante lembrar que, nesta fase inicial, todas as brincadeiras devem ser dentro de casa até que o filhote tenha tomado todas as vacinas e sido vermifugado. Além disso, como eles só podem tomar banho após os três meses, esqueça a sujeira excessiva: fique longe de terra, lama e areia.

Tutor fazendo carinho em seu cachorro dormindo depois das brincadeiras

Cuidados nas brincadeiras para filhotes de cachorro

Brincar com um filhote é uma atividade simples e saudável. Se você acabou de adotar um filhote, lembre-se de que os cachorros são capazes de aprender um monte de truques e jogos. Mas antes de começar a brincadeira, vale prestar atenção em alguns cuidados:

  • Observe seu filhote e descubra o que ele gosta:
    Alguns adoram correr, pular e caçar, outros preferem usar o olfato para seguir os rastros. E há ainda os que gostam de mastigar objetos.

    Para descobrir, observe: se seu filhote frequentemente tem uma tendência a farejar o chão, é muito provável que ele goste de seguir os cheiros. Se ele permanecer sentado observando a bolinha passar por ele, ele obviamente não gosta de pegar objetos que você atira para ele.

    Usando a criatividade e conhecendo as particularidades de cada pet, é possível inventar várias atividades que o entretenham, mantendo-o mentalmente ocupado.

  • Cães rapidamente associam ações e recompensas:
    Você não precisa sempre recompensar seu filhote com comida. Carinhos, parabéns, seu amor e continuar a brincar com ele também podem motivá-lo.

  • Pare de brincar no momento certo:
    Os filhotes estão sempre transbordando de energia, por isso pode ser difícil saber quando parar de brincar com eles. Ainda assim, pare a brincadeira depois de um tempo, mesmo que o pet ainda tenha energia, evitando cansá-lo em excesso. Além disso, o corpo de um filhote ainda está em desenvolvimento, se você brincar muito tempo com ele, seus ligamentos e articulações podem ser danificados e ele terá problemas para crescer.

Um cão entretido e se divertindo é sinônimo de saúde, muitas vezes os cachorros que aprontam são aqueles que não gastam energia por falta de brincadeiras com seu tutor. Por isso, brinque, proponha desafios físicos e mentais e faça ele se exercitar. As brincadeiras com filhotes de cachorro deixarão seu amigo saudável e feliz.

E na hora dos cuidados com o seu pet, seja para um banho e tosa, veterinário ou hospedagem para cachorro, conte com a Black White Pet, o melhor lugar em Guarulhos para cuidar do seu cachorrinho!

Compartilhe com seus amigos:


Home
Banho e Tosa
Creche e Hotel
Veterinário
Blog
Contato
Logo da Black White Pet

Black White Pet
Rua Santa Izabel, 253 - Vila Augusta - Guarulhos/SP
Fone: 4803-7000 / WhatsApp: 97101-4379
© 2017 | Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Linking Sites