Whatsapp
 
 
 
Home
Empresa
Banho e Tosa
Creche e Hotel
Veterinário
Galeria
Blog
Contato
ˆ
Pata rosa Pet Black White Pet Guarulhos

Coxins de cachorros e gatos

Pegar as patas do bichinho e encher de beijos e “cheiros” é uma prática carinhosa da qual muitos amantes de animais são adeptos. Ainda assim, essa é uma parte do corpo que recebe pouca atenção dos tutores, em especial os coxins, também conhecidos como almofadinhas, que tem funções importantíssimas e precisam de cuidados específicos.

Coxins de cachorros e gatos: foco nas patas de um cachorro deitado.

A região dos coxins, embora constituída de uma pele mais áspera e grossa, portanto mais resistente, precisa ser constantemente avaliada pelo tutor para garantir que o pet tenha o suporte necessário para suas atividades mais básicas, desde correr e brincar até simplesmente se sustentar sobre as 4 patas.

O que são os coxins?

Localizadas na patinha dos cães e dos gatos, as almofadinhas são divididas em três diferentes funções:

  • Coxins digitais:
    A parte macia localizada nas extremidades da pata, como se fossem os dedos dos bichinhos. Sua função é reduzir o impacto e atuar como amortecedor nos saltos;
  • Coxins do metacarpo:
    Região que corresponde à palma da mão, composta principalmente de gordura, que garante o equilíbrio e estabilidade, além de permitir que o pet pise em solo frio sem sofrer danos;
  • Coxins do carpo:
    Localizados nas patas dianteiras, funcionam como freios que impedem o cão ou gato de escorregar.

Essas estruturas são compostas de uma quantidade maior de queratina e gordura do que a pele normal e contam com sensores táteis para indicar por onde o pet pisa.

Compondo a anatomia das patas, junto com os coxins, temos as garras e o esporão, que é aquela garra que fica mais acima em relação às outras. O esporão tem a função de segurar objetos e alimentos grandes.

Coxins, ambientes e temperaturas

A textura das almofadinhas pode variar de acordo com o ambiente em que o pet vive. Cães e gatos que moram em regiões mais frias, por exemplo, possuem almofadinhas mais grossas para poder caminhar sem grandes dificuldades na neve - embora não seja recomendado que passem muito tempo do lado de fora.

Coxins de cachorros e gatos: foco nas patas de um gato.

Animais que brincam constantemente ao ar livre e grama, cimento, areia e asfalto possuem coxins mais ásperos e grossos, adaptados aos diferentes ambientes, enquanto cães e gatos criados dentro de apartamentos possuem a pele mais fina.

Quanto mais fina, mais sensível - portanto, requer mais cuidados. A principal atenção se deve aos passeios na rua, que não devem ocorrer entre 10h e 16h porque o sol escaldante deixa o asfalto muito quente e pode levar a queimaduras e até bolhas nos coxins, dificultando a locomoção e causando muita dor.

O chão frio também pode ser ruim para o bichinho, caso passe muito tempo por lá. Uma solução é usar sapatinhos especiais para cães e gatos, mas é necessário testar com o pet em casa para avaliar se há desconforto ou estresse.

Cuidados específicos com os coxins

As almofadinhas precisam de atenção constante para que o pet esteja sempre confortável e saudável. Inclusive, outra função importante é a regulação da temperatura corporal de acordo com a temperatura do ambiente, já que a região possui glândulas de suor.

Saiba quais cuidados são recomendados para os coxins de cães e gatos:

Vistoria e higiene após os passeios

À parte dos cuidados com a temperatura, os passeios na rua podem fazer com que o pet pise em pedrinhas, galhos, espinhos e cacos de vidro, além de contrair carrapatos e outros parasitas.

Ao chegar em casa, lave as almofadinhas com auxílio de uma mangueira e sabão específico e faça uma inspeção cuidadosa. Se perceber feridas ou bolhas ou notar que o pet está mancando e lambendo a pata, leve-o ao veterinário para uma avaliação mais minuciosa.

Hidratação contra o ressecamento

As almofadinhas ressecam com o tempo e ficam com aspecto esbranquiçado, o que aumenta a possibilidade de feridas. Hidratantes específicos ajudam a manter a pele macia e reduzem o desconforto.

Coxins de cachorros e gatos: gato lambendo suas patas.

Mas nunca use hidratantes feitos para pele humana! Esses podem causar alergias graves, principalmente para os gatos. Converse com seu veterinário sobre a melhor opção.

Unhas sempre cortadas

As unhas precisam ser cortadas frequentemente, principalmente se o pet vive dentro de casa e não gasta a unha em ambientes ásperos, como asfalto e terra.

Quando estão grandes, as unhas podem encravar, machucar a pata e até dificultar a locomoção, levando a dor, desconforto e muito incômodo.

Mas cuidado, pois as unhas possuem vasos sanguíneos que, caso cortados de forma errada, podem sangrar e causar dor. Leve ao veterinário ou peça para que ele lhe ensine a aparar as unhas da forma correta.

Pelos aparados entre as almofadinhas

O excesso de pelos entre os coxins pode deixar a região úmida e provocar proliferação de microrganismos, levando àquele cheirinho característico nas patinhas.

Além disso, se torna um ambiente propício para abrigar carrapatos, pulgas e outros parasitas e aumenta as chances de escorregões pela casa.

Manter os pelos aparados entre os coxins, portanto, é uma questão que vai além da estética.

Faça o melhor pelo seu animalzinho e garanta seu conforto!

Compartilhe com seus amigos:



Você também vai gostar destas matérias:

A Black White Pet também compartilha informações importantes para você cuidar do seu bichinho com todo o amor que ele merece. Leiam estas matérias e fiquem atentos para identificar rapidamente algum sintoma que o seu Pet possa ter.


Home
Banho e Tosa
Creche e Hotel
Veterinário
Blog
Contato
Logo da Black White Pet

Black White Pet
Rua Santa Izabel, 253 - Vila Augusta - Guarulhos/SP
Fone: 4803-7000 / WhatsApp: 97101-4379
© 2017 | Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Linking Sites