Whatsapp
 
 
 
Home
Empresa
Banho e Tosa
Creche e Hotel
Veterinário
Galeria
Blog
Contato
ˆ
Pata rosa Pet Black White Pet Guarulhos

Seu pet precisa de um oftalmo canino?

Assim como os humanos, os pets também possuem uma gama de especialidades clínicas para atender a diferentes problemas de saúde. Uma das especialidades é o oftalmo canino, que cuida da vista dos cães. O oftalmo canino trata doenças como catarata, cegueira, problemas de rotina, entre outras patologias.

Oftalmo canino: veterinário avaliando as vistas de um cachorro.

No entanto, com nossos amigos peludos pode ser mais difícil identificar uma doença e saber a hora certa de levar seu cão a um especialista. Como não contamos com a ajuda deles para nos avisar se algo de errado está acontecendo, é importante observar e ter atenção aos sinais que podem indicar algum problema ocular.

Sinais de que está na hora de levar seu pet ao oftalmo canino

A especialidade de oftalmo canino vem crescendo bastante, o que é ótimo para os pets, que contam com mais profissionais especializados para preservar sua saúde.

Levar seu cão ao oftalmo é um cuidado preventivo importante, principalmente com os idosos, que possuem maior propensão a apresentar doenças oculares. Alguns sinais que podem te ajudar a identificar um possível problema ocular são:

  • Olhos com secreção;
  • Opacidade, como se houvesse uma cortina de fumaça dentro do olho do pet;
  • Olhos vermelhos;
  • Presença de manchas pretas;
  • Lesão nos olhos;
  • Piscar com frequência;
  • Dificuldade para abrir os olhos;
  • Pupilas de tamanhos diferentes;
  • Olhos lacrimejando muito;
  • Hipersensibilidade a luz;
  • Esbarrar em móveis, paredes ou pessoas ao se locomover.

Este são alguns sintomas que você pode observar. Preventivamente, o ideal é levar cães filhotes e adultos uma vez por ano ao oftalmo canino, e os idosos a cada 6 meses. Você também pode levá-lo a um veterinário que, a depender do problema, encaminhará o caso a um especialista.

O oftalmo canino, além de entender profundamente sobre a saúde dos olhos dos pets, possui todos os equipamentos necessários para fazer o diagnóstico correto.

Doenças oculares mais comuns em cães

Os cães têm algumas doenças em comum aos humanos, como a catarata. Outras patologias que podem surgir são a conjuntivite alérgica, ceratoconjuntivite seca (olho seco), úlcera de córnea, glaucoma, uveíte, entre outras.

A ceratoconjuntivite seca é a produção insuficiente ou inadequada de lágrimas, sendo mais comum em cães idosos.

Já a úlcera de córnea pode ser causada por lesões de diferentes tipos, como arranhões, na primeira camada do olho, que é fina e transparente, mas tem a função de proteger.

O glaucoma, assim como em humanos, se refere ao aumento da pressão intraocular, o que pode deixar os olhos aumentados. Assim como a catarata é mais comum em cães idosos, que por sua vez é identificada pelos olhos esbranquiçados.

A uveíte é uma doença inflamatória na úvea, parte do olho responsável pela vascularização. Ela pode surgir em decorrência de doenças preexistentes, como úlcera de córnea e catarata.

Traumas, tumores, diabetes e degenerações de origem neurológica também podem causar problemas nos olhos.

Raças propensas a desenvolver problemas oculares

Todos os cães podem desenvolver doenças oculares, porém aqueles com focinho curto e achatado são mais propensos a ter problemas oculares. São os cães braquicefálicos. Algumas das raças mais conhecidas são Pug, Shih Tzu, Buldogue Francês, Bulgogue Inglês, Lhasa Apso e Boxer.

Oftalmo canino: cachorro com olhos tortinhos.

Por terem um crânio mais curto, os olhos destes cães costumam ser saltados e não são completamente envolvidos pelas pálpebras, o que facilita o surgimento de doenças como ceratoconjuntivite seca (olho seco).

Avanços da oftalmologia canina

As especialidades veterinárias evoluíram com o avanço da tecnologia e hoje nossos pets podem realizar exames, procedimentos clínicos e cirúrgicos semelhantes aos humanos.

Hoje, os cães com catarata podem passar pelo procedimento de implante de lente intraocular, como feito em humanos, melhorando a visão do animal. Outros avanços, como próteses para glaucoma e técnicas da recuperação da lubrificação ocular para olhos secos, também fazem parte da evolução veterinária.

Além destes procedimentos, uma série de exames hoje são feitos nos olhos dos animais, como a eletrorretinografia (exame que avalia a retina), o teste lacrimal, tonometria (aferição da pressão ocular) e o ultrassom ocular para verificar problemas dentro dos olhos.

É preciso observar seu pet com atenção ao menor sinal de comportamentos fora do comum.

Já levou seu pet a um oftalmo canino? As especialidades clínicas disponíveis existem para garantir que a saúde e bem-estar do seu cão serão preservados. Cuide bem do seu amigo peludo!

Compartilhe com seus amigos:



Você também vai gostar destas matérias:

A Black White Pet também compartilha informações importantes para você cuidar do seu bichinho com todo o amor que ele merece. Leiam estas matérias e fiquem atentos para identificar rapidamente algum sintoma que o seu Pet possa ter.


Home
Banho e Tosa
Creche e Hotel
Veterinário
Blog
Contato
Logo da Black White Pet

Black White Pet
Rua Santa Izabel, 253 - Vila Augusta - Guarulhos/SP
Fone: 4803-7000 / WhatsApp: 97101-4379
© 2017 | Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Linking Sites