Whatsapp
 
 
 
Home
Empresa
Banho e Tosa
Creche e Hotel
Veterinário
Galeria
Blog
Contato
ˆ
Pata rosa Pet Black White Pet Guarulhos

Posso levar meu cachorro na praia?

Por que você NÃO deve levar seu cachorro para a praia

O verão brasileiro é certeiro na missão de oferecer as mais altas temperaturas e aquele clima bem abafado, fervendo, difícil de lidar. É assim para os seres humanos e é assim também para os cães. Infelizmente não é raro ler notícias de animais que infartaram ou não resistiram ao calor excessivo nessa época do ano e sofrem paradas cardíacas ou respiratórias. Todo cuidado é pouco e a atenção tem que ser redobrada.

Além da justificativa em cima da transmissão de zoonoses, questões relacionadas ao temperamento - que pode ser algo difícil de lidar em ambientes mais abertos e públicos - e a própria conservação do ambiente natural, uma vez que nossos peludos, até os mais adestrados, tenham certa dificuldade e disciplina para resistir e acabam fazendo suas necessidades em lugares não muito recomendáveis, poluindo assim o espaço, também podemos citar consequências que afetam diretamente a saúde dos cães e não apenas a nossa numa simples e convidativa ida à praia.

Sem recriminação

Homem passeando com seu cachorro no calçadão da praia em um dia ensolarado

A gente não pode recriminar o tutor que cogita levar o seu cachorrinho para ver o mar e curtir um dia de Sol, ainda mais quando a característica principal do verão brasileiro são temperaturas altíssimas e esse calor desesperador, quase que insuportável. Mas como bons pet lovers que somos, a Black White Pet faz questão de trazer algumas informações e dicas sobre o assunto, com o objetivo de que todos os tutores não tenham mais dúvidas: pode até parecer uma boa ideia levar o dog para se refrescar no mar e dar aquela corrida, porém, a prática revela consequências que a gente pode e deve evitar.

Atenção na legislação

Em nosso país é comum que cada cidade tenha um posicionamento legal diferente sobre a permissão e condições de cães nas praias, mas é praticamente unilateral a proibição, e desrespeitar as leis impostas pela cidade específica pode render multas que chegam em até R$ 1.600,00. Em São Sebastião, cidade litorânea de São Paulo, a multa de R$ 600,00 não passa batida por nenhum banhista. Uma conta tão salgada quanto a água do mar, não concorda? Então, nada mais recomendável que evitar uma indigesta multa e também algum tipo de constrangimento pelo descumprimento da lei. Tá certo?

Cachorro não pega bronzeado

Experimente colocar seus pés na areia escaldante da praia, tinindo pra lá de 35º. Ou então, deixar o seu corpinho exposto ao Sol sem usar um protetor solar, sem nenhum guarda-sol para aliviar o impacto dos raios solares no corpo. Vai ficar difícil curtir a praia numa boa desse jeito, não é mesmo?

Pois então, com os cães também é assim, sendo que eles precisam da nossa cautela e cuidado para não passarem por esse tipo de coisa. É fundamental proteger os cães dos malefícios que a exposição solar em excesso pode causar. Insolação, infartos, taquicardia, coceiras, alergias, feridas e queimaduras nas almofadas das patinhas e nos focinhos são algumas complicações que podemos evitar.

Água no ouvido? Nem pensar!

O cachorrinho chega na praia todo serelepe. Sem nem pensar duas vezes se joga ao mar, se ensopando todo. É uma boa ideia? Não, não. A umidade não só traz doenças e alergias cutâneas como também prejudica os ouvidos do seu cão, uma das partes mais sensíveis do animal, em especial para raças como Golden, a raça de cachorro Labrador, Cocker e Beagle. Fora que a combinação de água salgada e areia pode levar o cão a desenvolver o problema auricular conhecido como otite, que são inflamações específicas nos ouvidos.

Cachorro não pode usar óculos de sol

Veja aí mais um bom motivo para manter seu cãozinho longe das praias: os olhos. Raios solares, em combinação com um ambiente suscetível a bactérias e impurezas, são muito poderosos e podem afetar negativamente a visão do seu cão, seja trazendo problemas como conjuntivite e catarata ou prejudicando a visão do pet de tal forma que ele corra o sério risco de ficar cego. Vamos ficar de olho, hein!

Ninguém quer ficar dodói no verão!

Tão importante quanto a saúde dos cães é a nossa, isso não podemos negar. Quando o cão defeca ou urina em ambientes tão abertos e públicos como uma praia, o tutor acaba não tendo tanto controle e atenção por fatores como a amplitude do espaço, liberdade oferecida ao cão de transitar sem coleira etc. E aí acontece o que ninguém quer: xixi e cocô na areia e/ou na água.

Além disso, mesmo que seu cão seja vermifugado você está expondo o animal a um ambiente em que outros cães podem não ter passado por essa prevenção. É aí que mora o perigo dele desenvolver patologias provenientes de vermes, mosquitos e demais parasitas, com potencial até de tirarem a vida do seu peludinho. Baita motivo para não deixar o cão passear na praia.

No calçadão até pode...

Desde que o tutor escolha um horário mais ameno com relação ao Sol para fazer o passeio, evitando assim que o cachorrinho queime patas e pele (veja também nossa matéria sobre cuidados com seu pet no verão para ficar atento aos riscos que eles correm nessa época). O calçadão é a alternativa mais segura, recomendável e prática para compartilhar com seu cachorro um dia de verão na sua praia favorita - e a gente recomenda muito!

Num primeiro momento é possível compreender a proibição como medida que beneficia apenas frequentadores da praia, mas ela também visa proteger os animais de várias consequências que o passeio praiano pode acarretar.

Verão é tempo de curtir os dias mais ensolarados do ano, mas sempre com muita responsabilidade, não se esqueça disso, tutor. Por isso, vamos sim respeitar o que está na lei e fazer bonito para o nosso bem e para o bem também do pet. Com certeza eles vão te AUgradecer!


Compartilhe com seus amigos:


Home
Banho e Tosa
Creche e Hotel
Veterinário
Blog
Contato
Logo da Black White Pet

Black White Pet
Rua Santa Izabel, 253 - Vila Augusta - Guarulhos/SP
Fone: 4803-7000 / WhatsApp: 97101-4379
© 2017 | Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Linking Sites