Home
 
Empresa
 
Banho e Tosa
 
Creche e Hotel
 
Veterinário
 
Galeria
 
Blog
 
Contato
Whatsapp
 
 
 
Home
Empresa
Banho e Tosa
Creche e Hotel
Veterinário
Galeria
Blog
Contato
ˆ
Pata rosa Pet Black White Pet Guarulhos

Raças de cachorro - Border Collie

Série: Qual é a sua?

Raças Caninas - Border Collie

Hoje é dia dela, uma das raças mais apreciadas em todo o mundo e famosa por seu alto grau de inteligência, companheirismo, beleza, agilidade e obediência: a raça Border Collie. Comum em muitos filmes hollywoodianos ou então em comerciais de televisão e programas diversos, o Border Collie, assim como nosso estreante da série, o querido Pastor Alemão , também é considerado parte do grupo dos Pastores e Boiadeiros, portanto, qualquer semelhança com nosso amigo Pastorzinho Alemão não será coincidência. Ok?

Vamos descobrir ainda mais sobre esta fascinante raça e como nós, tutores, podemos usar todo esse conhecimento em favor deles e da sua criação ao longo da vida junto a você e sua família.

Border Collie

Border Collie brincando na grama verde com folhagens amarelas

Sendo um cão classificado como de pastoreio, imprime no seu dia-a-dia características voltadas para o cuidado e atenção com tutores e demais membros do seu lar, numa demonstração clara de que pode ser o cão que pula e brinca da mesma forma que é o cão que protege e ampara.

Trata-se de uma raça feliz, muito sociável – evitando a situação quase sempre desagradável de que visitas sejam proibidas de frequentar o mesmo espaço que o seu cachorro, atenta e sagaz. Não temos, no Border Collie, um perfil agressivo ou nervoso, mas sim características muito positivas e que favorecem a interação e sociabilidade com o meio. Sua história é cheia de detalhes preciosos e particulares. Conheça-os a seguir.

Origem

Não é possível dizer ao certo de onde veio essa raça e nem em qual época, apesar de alguns arqueólogos cogitarem que eles sugiram pela primeira vez nas ilhas britânicas, durante os séculos 4 e 1 a.C., juntamente com os celtas, tribo que utilizava ao máximo as habilidades cognitivas da raça, chegando ao patamar de atrelar o Border Collie às atividades de pastoreiro – daí vem a sua classificação atual. Esta teoria faz muito sentido, já que a palavra collie, na língua celta, quer dizer “útil”. Assim, desenvolveu-se uma raça focada em pastorear ovelhas, proteger casas e vilarejos e também como caçadores de pequenos animais, tais como aves e roedores.

Com o tempo, a raça foi evoluindo ainda mais suas aptidões e o tino para atividades físicas, chegando ao patamar, já no século XX, de padronização da raça, pois antes disso eles eram conhecidos apenas por sheepdogs, ou pastores de ovelhas. Assim, o nome Border Collie foi registrado em 1915 e tão logo que a raça chegou à América dominou rapidamente os criadores de ovelhas da região, o que abriu o caminho para a participação do Border Collie em competições de alto padrão e premiações, o que se consolidou apenas em 1995, já que o estigma de cão de pastoreiro acompanhou a raça por muito tempo até que ela fosse, de fato, reconhecida como espécie de alto desempenho técnico e físico.

Temperamento e Personalidade

Combo de energia e inteligência, o Border Collie aprecia uma boa corrida, brincadeiras variadas e exercícios práticos - ou não tão práticos assim.

É um cão que curte desafios e está sempre em busca de superação. A sua relação com a energia está diretamente ligada ao seu humor e parceria: quanto mais ele se exercitar, correr e se divertir, mais ele será seu companheiro e se sentirá tranquilo e seguro. É concentrado e um pouco intimidador quando há outros animais próximos a ele. Gosta de encará-los, mas não para demonstrar superioridade e sim para dizer que está atento, bem atento a tudo que acontece. Aprecia a caça, algo que já vem dos seus antepassados e até pode pressentir situações de perigo, seja com relação a algum estranho ou no próprio cotidiano, num passeio matinal ou então dentro de casa, caso alguém esteja em perigo.

Na maioria dos casos latem bem pouco e gostam de curtir os seus momentos de calma e tranquilidade, porém, ficam extremamente incomodados quando estão presos durante muito tempo ou ficam em ambientes pequenos, nos quais não podem se locomover facilmente ou de acordo com sua vontade. É o caso de apartamentos, por exemplo. Não é recomendável criar um Border Collie em apartamentos exatamente para evitar que ele se torne um cão infeliz e sempre estressado.

Além disso, não podemos deixar de ressaltar sua característica mais presente que é a inteligência. Alguns tutores até afirmam que seus Borders Collies só faltam falar, tamanha a perspicácia e astúcia desses cães. Mas isso, é claro, depende bastante de como você conduzirá o seu adestramento e criação. Os Borders Collies podem ser adestrados a partir dos 8 meses de idade, período correspondente à fase infantil dos cães.

Brincalhões, sociáveis, espertos e carinhosos, os cães da raça Border Collie são ideais para ambientes familiares e assim como o Pastor Alemão , também adoram crianças, partindo pelo mesmo princípio dos cachorros que fazem parte do Grupo de Cães de Pastoreiro: protegem e amparam animais menores. Contudo, nossa recomendação é que sempre tenha um adulto por perto para mediar essa relação até que o cão encare seus filhos como parte da família e não apenas animais que ele está tomando conta. Mesmo com temperamento pacífico, todo cuidado se faz valer.

Descrição e Aparência da Raça Border Collie

Com o focinho moderadamente curto e um afinamento até a trufa, que está quase sempre preta ou na cor grafite, possuem narinas bem desenvolvidas, favorecendo suas habilidades para caça e o ato de farejar, e olhos de tamanho médio na cor marrom, menos nos que desenvolveram a tonalidade de pelagem conhecida como merle, pois nesta versão de coloração os olhos poderão ser azuis ou até mesmo apresentarem heterocromia – disfunção onde o animal pode apresentar olhos com duas cores distintas. Além da coloração merle o Border Collie também apresenta os seguintes tons: preto marrom, vermelho e azul. Seu pelo costuma ser relativamente longo ou liso, de cobertura densa e textura média, enquanto seu subpelo é mais macio.

As orelhas são eretas ou semieretas, a altura ideal de um cão adulto da raça costuma ser de aproximadamente 53 cm, medindo a partir da cernelha, porém, fêmeas são um pouco menores se comparadas aos machos, mas apresentam igual desempenho e em nada diferem fisicamente além disso.

Cuidados

Como já mencionamos, o Border Collie precisa se exercitar, pois é muito alto o seu potencial energético e ao reter tanta energia ele pode se transformar num cão infeliz ou então reclamão, daqueles que latem e incomodam até que sua vontade seja feita. Portanto, o cuidado mais essencial com ele é mantê-lo na ativa e em movimento sempre que possível.

Já a respeito da sua pelagem, o ideal é uma escovação regular, com média de 2 vezes por dia, evitando assim que o pelo embole e crie um desconforto para o animal, o que inclui o ato repetitivo de se coçar e até tentar desfazer o nó com a própria boca, podendo se machucar. Banhos seguem a mesma lógica comum ao Grupo de Pastoreiros e Boiadeiros: mais intensificados durante o verão e menos frequentes durante o inverno. A frequência o tutor pode conduzir de acordo com orientações veterinárias ou conforme necessidade, não há uma prática fixa estabelecida, mas é fundamental que o pelo esteja 100% seco para evitar fungos e problemas de saúde. Ok?

Mas, apesar de ser um cão muito ativo ele também está bem vulnerável a algumas doenças, tais como displasia de quadril, lipofuscinose e a anomalia do olho de collie, esta última definindo-se pela perda gradativa da visão conforme o tempo passa. Por isso, mais uma vez frisamos o quanto é de extrema importância levar o seu animal ao veterinário , pois ele é o único que pode auxiliar você a cuidar do seu Border Collie do jeito correto e que mais deixará pet e tutor tranquilos.

Gostou da matéria? Encontrou informações que até então nem fazia ideia? Conta pra gente! Nós vamos adorar saber a sua opinião. Nós, da Black White Pet, estamos sempre disponíveis para tirar suas dúvidas ou, se necessário, encaminhar o seu Border a querida Tia Eloá.

Depois de conhecermos ainda melhor está magnífica e encantadora raça fica muito difícil, quase impossível não querer um Border Collie para chamar de SEU, todinho SEU!


Compartilhe com seus amigos:


Home
Banho e Tosa
Creche e Hotel
Veterinário
Blog
Contato
Logo da Black White Pet

Black White Pet
Rua Santa Izabel, 253 - Vila Augusta - Guarulhos/SP
Fone: 4803-7000 / WhatsApp: 97101-4379
© 2017 | Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Linking Sites