Whatsapp
 
 
 
Home
Empresa
Banho e Tosa
Creche e Hotel
Veterinário
Galeria
Blog
Contato
ˆ
Pata rosa Pet Black White Pet Guarulhos

Raças de cachorro - Maltês

Série: Qual é a sua?

Raças Caninas - Maltês

Bibelô em forma de cachorro, a raça de cachorro Maltês é daquelas que a gente se apega logo de cara. Com tanta fofura é difícil resistir, não? Alegre, afetuoso, muito dócil e inteligente, ele conquista qualquer tutor.

Ótimo cachorro de companhia, o Maltês agrega também outras funções: de pet de terapia a participante de competições de agility, tracking e obediência. Quantas coisas essa bolinha peluda pode fazer, não é mesmo?

E mais: ele ainda é pop! Retratado pelo pintor espanhol Francisco Goya ao lado da sua amada Duquesa de Alba, ele já apareceu também na companhia de muitos famosos. Não à toa, o cão chegou a figurar como o animal mais fotografado com celebridades no Guinness Book.

Origem

Raças de cachorro Maltês: cachorro no tapete segurando um laço preto.

Os ancestrais do Maltês viviam em cidades marítimas do Mediterrâneo e eram usados para caça de ratos e camundongos em armazéns de portos e porões de navios. Sua origem, no entanto, é ainda mais antiga e nos leva para a Grécia: ele aparece nas escrituras de Aristóteles como canes malitenses (estamos falando de 300 anos antes de Cristo!).

Na Roma Antiga, era o companheiro favorito das matronas. Não é raro ver nas pinturas renascentistas esse pequeno cãozinho nos salões da época ou no colo das mulheres. Sim, essa vontade de colinho é antiga.

O fato é que a raça, também chamada de Bichon Maltês, passou por vários cruzamentos, principalmente no Reino Unido e teve seu porte reduzido, mudando de fisionomia e de cor até chegar ao branco.

O cachorro Maltês só chegou aos Estados Unidos no fim dos anos 1800 quando foi reconhecido pelo American Kennel Club e passou a participar de exposições e campeonatos, ganhando popularidade mundial a partir dos anos 1950.

Temperamento e personalidade

Se você quer ter um Maltês em casa, fique ciente que esse cachorro demanda muita atenção. Ele é apegado à família e por isso recomenda-se trabalhar desde cedo a ansiedade da separação, para evitar que ele tenha dificuldades quando precisar ficar sozinho.

Além disso, é muito gentil e confia nos humanos. Não estranhe se ele for pedir carinho para estranhos, ele se entrega mesmo e convive super bem com crianças e outros animais. Se ele é adorável e adora um colo, de um lado, pode ser bastante teimoso de outro. Por isso aconselhamos o adestramento (sempre com reforço positivo, claro) desde filhote.

Não se iluda com seu tamanho. O Maltês é um cãozinho bastante agitado, porém com alto grau de adaptabilidade, o que faz com que ele se encaixe na rotina do tutor. Por causa disso, tem sido adotado como companhia de idosos e pessoas de mobilidade reduzida.

Descrição e aparência do Maltês

Apesar de pequenino, o Maltês tem um porte elegante com seu corpo alongado e a cabeça ligeiramente mais longa do que o focinho. Os olhos de cor ocre escuro transmitem vivacidade e atenção. Sua altura média é de 25 cm e seu peso, 4kg. A expectativa de vida chega a 15 anos.

Raças de cachorro Maltês: cachorro posando no parque.

A pelagem de cor branca é longa, densa e brilhante, caindo pesadamente sobre o corpo. Os pelos costumam ser mais longos em volta da cabeça. Não apresenta variação de cor, mas é possível encontrar cães de tons marfim e nuances mais escuras nas orelhas e nas patas.

Cuidados com a raça de cachorro Maltês

Ele adora se movimentar, mas seu metabolismo é lento. Por isso, como apresenta uma tendência ao sobrepeso, é importante adotar bons hábitos alimentares e uma rotina de exercícios físicos. Recomendam-se caminhadas diárias de uma hora.

Outro cuidado é com a pelagem alva do seu Maltês. A escovação deve ser diária e o indicado é usar uma escova de pinos ou um pente de aço inoxidável, assim não há risco de os pelos se emaranharem – quando isso acontece a dor de cabeça é grande!

Quando essa pelagem branquinha começa a ficar acinzentada está na hora de fazer um banho e tosa no seu pet. Não esqueça de usar shampoo e condicionador indicado para a raça e seque bem a pelagem dele. Pelos úmidos podem trazer muitos problemas.

Os dentes devem ser escovados com frequência para ficarem bem protegidos do risco de tártaro, mau hálito e outras bactérias bucais. E cuidado com as unhas, que devem ser aparadas com equipamentos adequados.

O Maltês é um cão que tende a ser saudável, mas algumas doenças acabam sendo típicas da raça, como complicações cardíacas, podendo apresentar sintomas de cansaço excessivo. Para ficar atento a tudo isso, as consultas ao veterinário devem fazer parte da rotina, certo?!

Compartilhe com seus amigos:



Conheça outras raças da nossa série: Qual é a sua?


Home
Banho e Tosa
Creche e Hotel
Veterinário
Blog
Contato
Logo da Black White Pet

Black White Pet
Rua Santa Izabel, 253 - Vila Augusta - Guarulhos/SP
Fone: 4803-7000 / WhatsApp: 97101-4379
© 2017 | Todos os direitos reservados

Desenvolvimento de Sites: Linking Sites