Home
 
Empresa
 
Banho e Tosa
 
Creche e Hotel
 
Veterinário
 
Galeria
 
Blog
 
Contato
Whatsapp
 
 
 
Home
Empresa
Banho e Tosa
Creche e Hotel
Veterinário
Galeria
Blog
Contato
ˆ
Pata rosa Pet Black White Pet Guarulhos

Raças de cachorro - Poodle

Série: Qual é a sua?

Raças Caninas - Poodle

Bastante popular no Brasil e dotados de muita inteligência, astúcia e energia, os poodles são animais extremamente companheiros e parceiros, já que são raros os momento em que ele abre mão da companhia do seu tutor ou da família que o acolheu. Seu grau de inteligência só perde para o Border Colie, sabia? E tanta sagacidade se revela numa personalidade única e determinada. Com esse bichinho ou é oito ou oitenta, e talvez quando as coisas não estão como ele gostaria é natural os latidos estridentes darem o ar da graça, mas nada que uma boa dose de atenção e carinho não resolva.

Venha conhecer o mundo dessa raça que é um dos xodós do brasileiro pet lover na matéria especial que preparamos. Acompanhe a seguir.

Poodle

Foto de um Poodle sendo vestido com roupinha rosa

Canis lupus familiaris. Soa esquisito? Talvez, mas é este o nome científico dos cães da raça poodle, uma espécie canina muita querida e especial. Quando filhotes são as coisas mais lindas do mundo, e costumam mamar com bastante vontade e energia, o que se estende para a fase mais amadurecida e fica claro no seu jeito de brincar e socializar: muita festa e grude.

Já quando adultos adotam um temperamento mais defensivo e alerta, o que o torna um cachorrinho proativo e protetor da família, principalmente de crianças. Seu orgulho e inteligência falam alto, e talvez ele fique contrariado com alguns comandos do tutor. Desempenho positivo na água, afinal, estamos falando de uma das melhores raças no quesito natação, o poodle dificilmente consegue ficar parado. Para ele, quanto mais agito, melhor.

Ficar sozinho incomoda o animal, o que pode ser traduzido nos latidos e pequenos estragos, como sapatos e tapetes mordidos. É, o poodle é sim um cãozinho imponente e genioso, mas as coisas sempre voltam ao normal quando ele se vê rodeado por pessoas, ainda mais se forem familiares a ele.

Encontram um pouco de resistência para se adaptarem em ambientes mais fechados e com pouco espaço, porém, cabe ao tutor condicioná-lo à realidade, o que ele tende a aceitar com o tempo. A confiança também é marca registrada dessa raça, e com o poodle você pode ter certeza de que o melhor amigo do homem é sim o cão.

Origem

A origem do poodle é bastante discutível. Alguns entendidos no assunto, apesar do nome da raça ser originário do alemão (pudel, que significa se espalhar na água) e não do francês como muitos acreditam, é provável que seus ancestrais não foram oriundos nem de um e nem de outro local, mas sim do continente asiático, principalmente por conta das características do seu pelo: enrolado e um tanto quanto áspero.

É claro que sua expansão também se deu pela França e outros países como Rússia e Hungria, contudo, a versão mais recente e popular da raça se desenvolveu mesmo dentro do território alemão, o que faz total sentido se for analisado junto à origem do seu nome e somado às características de caça e bom desempenho aquático.

O poodle já fez parte de poderios militares, puxador de cargas e carroças e até atração circense, dada a habilidade e inteligência com bolas, gravetos e demais elementos que exigem atenção e treino para que um animal possa manuseá-los, mesmo que em gestos de brincadeiras e truques.

Já a sua versão aristocrática, sendo a raça mais quista por damas da alta sociedade francesa e posterior símbolo francês veio muitos anos mais tarde, e tal credencial favoreceu a participação da raça em concursos de beleza, agilidade e exibições caninas – o que pode ser creditado ao seu pelo vasto e altamente favorável para a execução de cortes sofisticados e esteticamente agradáveis para os padrões de tais competições.

Após o século XIX tornou-se um cão mais voltado para o perfil doméstico e competitivo esteticamente, deixando de lado totalmente sua antiga característica caçadora e esportiva. Ou seja, a versão mais recente e que conhecemos na atualidade.

Temperamento e personalidade

Como citamos, esta raça é dotada de extrema inteligência, sendo o segundo cão mais astuto do mundo. A obediência também é uma característica presente no perfil do poodle, e ele curte pra valer viagens, aventuras e brincadeiras, mesmo que estranhe, num primeiro momento, as mudanças ou pessoas desconhecidas, até então, mas depois ele aceita as condições, se adapta e curte tudo numa boa.

Ideal para crianças, poodles são carinhosos e atenciosos, desejando receber na mesma medida tudo que oferecem aos humanos. Caso as coisas aconteçam de uma forma diferente da qual ele esperava, é quase certo que latidos e rosnadas apareçam, mas ao receberem a atenção que requisitam logo deixam de lado o comportamento mais turrão e voltam à parceria e amizade de sempre.

Sensíveis, se apegam fácil, fácil às pessoas e podem ficar até deprimidos caso ocorra algum tipo de afastamento prévio, o que não significa que ele não vai deixar barato e, por exemplo, comer algo que esteja pelo caminho como forma de protesto. De modo geral eles gostam de latir para chamar a atenção e serem ainda mais notados, mas sabemos que tanto latido pode chegar a incomodar, não é? O ideal é observar o fluxo de latidos e buscar um adestrador, se for o caso.

Descrição e Aparência da Raça Poodle

Para falar da aparência física do poodle precisamos descriminar os quatro tipos de animais da raça que existem, todos classificados de acordo com o seu porte: gigante (de 45cm a 60 cm de altura), médio (35cm a 45 cm), miniatura (27cm a 35 cm) e toy (menos de 27 cm). Cada um deles possuem variações físicas específicas, que vão desde a tonalidade dos pelos até a espessura e quantidade. Os poodles do tipo toy costumam ter a pelagem mais lisa e baixa, enquanto os do tipo gigante, grande e médio têm o pelo mais enroladinho e vastos.

Com focinho de tamanho regular para a média canina, seu olfato é excelente, bem como suas orelhas delicadas e peludas escutam muito bem. Preto, branco, cinza e marrom são as variações de tom mais comuns em todos os poodles, e conforme eles crescem a sua colocação pode oscilar até chegar ao tom definitivo, o que acontece por volta dos dois anos de idade. Já a cor dos olhos pode ser marrom, preta ou um marrom mais escuro, bem próximo do preto, porém, não chegando ao tom citado.

Cuidados

Nosso amiguinho poodle é uma gracinha de pet e requer alguns cuidados, bem como todo cão precisa. O principal alerta está ligado à depressão, pois são cães que valorizam demais a companhia dos humanos, então qualquer ausência pode desencadear um quadro depressivo e triste que o cachorrinho vai expressar na falta de apetite, sede, vontade de brincar etc.

Como são animais muito agitados e ativos, passeios longos e em locais nos quais ele pode se exercitar bastante e até ser treinado também são altamente recomendados. Agindo assim você evita que seu animal tenha problemas com musculatura ociosa e afasta de vez qualquer chance dele ficar tristinho e abatido.

A orelhas do poodle geralmente ficam entupidas com a famosa cera de ouvido. Por isso, tenha atenção e faça a limpeza regular, seja de forma caseira ou na própria veterinária. Verificar diariamente não custa nada e ainda ajuda o cão a não sofrer com problemas mais graves. A limpeza dos olhos também é recomendável que tenha regularidade porque há um grande acúmulo de impurezas ao redor desses órgãos.

E, sem dúvidas, cuidados redobrados com os pelos, sempre. O mais indicado é que eles sejam tratados semanalmente, mas caso não seja possível o cuidado quinzenal é bem-vindo. Observe a perda freqüente de pelos, pois não é comum aos animais passar pelo processo de muda após os dois anos e pode sim significar algum probleminha de saúde. Mas isso, não tem jeito, é só o veterinário que pode dizer. Então, nada de bancar o Doutor Dolitle e medicar o cão sem a orientação do profissional da área. Ok?

O poodle é essa raça adorável, carinhosa e ligada no 220 volts que a gente ama e quer ter por perto, só para compartilhar tanto afeto, proteção e amor que eles têm a nos oferecer. E aí? Retomamos com chave de osso – opa, de ouro, o 2019 do Blog da Black, não é mesmo? Muita informação, conteúdo, dicas e orientações que vão te acompanhar durante o ano todo.

E não importa, para todas as horas e momentos, conte com a gente na gentil e nobre missão de cuidar e amparar um animalzinho. Nossos serviços de banho e tosa, hotelzinho para cachorro e veterinária estão à sua total disposição, tudo para fazer o seu melhor amigo cada vez mais feliz!

Nos vemos na próxima matéria, e também durante este novo ano!!


Compartilhe com seus amigos:



Conheça outras raças da nossa série: Qual é a sua?


Chow Chow
Border Collie
Pastor Alemão
Yorkshire Terrier
Labrador
Home
Banho e Tosa
Creche e Hotel
Veterinário
Blog
Contato
Logo da Black White Pet

Black White Pet
Rua Santa Izabel, 253 - Vila Augusta - Guarulhos/SP
Fone: 4803-7000 / WhatsApp: 97101-4379
© 2017 | Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Linking Sites