Whatsapp
 
 
 
Home
Empresa
Banho e Tosa
Creche e Hotel
Veterinário
Galeria
Blog
Contato
ˆ
Pata rosa Pet Black White Pet Guarulhos

Raças de cachorro: Vira-lata - SRD

Série: Qual é a sua?

Raças Caninas - Vira-lata - SRD

Ele está por toda a parte e é o cachorro mais popular do país: o vira-lata, também chamado de SRD (sem raça definida), não tem um padrão e nem uma origem conhecida, mas há muito tempo deixou de revirar latas para ser cada vez mais acolhido por tutores.

Muito querido e amado, o vira-lata é um cãozinho afetuoso e único que já inspirou muitos filmes. Quem não lembra do clássico de 1955 dos estúdios Disney, “A Dama e o Vagabundo”, que conta a história de uma Cocker Spaniel mimada e um vira-lata que a salva do perigo de vagar sozinha perdida pelas ruas? A cena da macarronada já veio à mente, não é mesmo?

Origem

Raças de cachorro Vira-lata - SRD: cachorro deitado descansando.

O vira-lata vem de uma mistura, que pode ser entre qualquer raça ou entre outros vira-latas, por isso, cada um é realmente único e tem sua própria história. Ele é resultado de uma seleção natural, pela qual podem ter passado várias raças no passado. Só que, assim como todos os cachorros, também são descendentes dos lobos selvagens e primos das raposas.

Se o nome foi dado porque esses cachorros costumavam viver nas ruas (e muitos ainda vivem, infelizmente) revirando latas e sacos de lixo para encontrar comida, hoje ele se aplica também aos mestiços, tornando a sigla SRD também possível para se referir a eles, o que ajuda a diminuir o estigma, afinal vira-latas são tão especiais quanto qualquer outro cachorro.

Temperamento e personalidade

Se sua origem é incerta, seu temperamento vai pelo mesmo caminho: não existe um comportamento típico, pois sendo uma conjunção de raças, ele é uma verdadeira incógnita. Claro que se você tiver alguma ideia de quais foram as raças que deram origem ao seu amigo, talvez seja possível decifrá-lo.

Se foram duas raças de temperamento parecido, é mais provável que ele herde o comportamento delas. Agora, se ele vier de um cruzamento de duas raças muito diferentes, será muito difícil prever esse resultado.

Só que é justamente essa falta de uma característica dominante que acaba tornando o cão bastante maleável e fácil de ser moldado. Ainda assim, um fator que pode influenciar seu comportamento é a idade de adoção.

Quando você adota um vira-lata mais velho, pode ser mais difícil mudar seu comportamento do que quando ele é mais novo. Eles normalmente carregam um passado mais difícil de cão de rua, com traumas de barulhos e de pessoas, o que pode torná-los mais desconfiados e inseguros. Se esse é o caso do seu peludo, é preciso muito amor e paciência para ajudá-lo a enfrentar tudo isso.

Por outro lado, se ele é adotado bem jovem, é possível treiná-lo para aceitar bem a presença de outras pessoas, crianças e até mesmo outros cachorros. Recomenda-se treinos de obediência e socialização para isso.

Mesmo com tantas variedades, algumas características são compartilhadas por todos eles: esperteza e versatilidade. Eles se adaptam a qualquer ambiente e são, em geral, tranquilos e muito dóceis quando se sentem seguros e são tratados com carinho.

Além disso, respondem bem aos treinamentos, pois aprendem rápido. Há quem diga que eles são imbatíveis no quesito fidelidade.

Descrição e aparência do Vira-Lata

Eles podem ser muito diferentes entre si, com um vasto leque de cores e de tamanhos. Existem os de porte grande e os de porte pequeno; os de bigode e os sem bigode. Há também vira-latas brancos, pretos, canela e aquele que reina absoluto como símbolo do país: o vira-lata caramelo.

Aliás, a internet não perdoou e até criou memes do bicho que representa o Brasil mais do que samba e futebol.

Raças de cachorro Vira-lata - SRD: cachorro recebendo tosa.

Cuidados

Em geral, o vira-lata apresenta uma boa saúde, sem predisposição a nenhuma enfermidade, já que as doenças genéticas acontecem mais em raças puras, pois provêm de genes recessivos. Isso não significa que ele esteja imune a tudo, no entanto.

É essencial que os cuidados que tomamos com todos os cães sejam observados também com os SRD, como a vacinação e a vermifugação.

Leve seu vira-lata para a primeira vacina e acompanhe o calendário para que ele tome os reforços, pois as doenças virais não escolhem raça. As consultas regulares com o veterinário também são essenciais, afinal é uma vida sob sua responsabilidade.

Além disso, é preciso prestar atenção para evitar problemas comuns, dependendo do porte do animal: os grandes podem ter problemas nas articulações, como a displasia de quadril. Se ele for menor, fique de olho para que não desenvolva a obesidade.

Atenção também com outros cuidados do dia a dia, como os banhos periódicos, a escovação da pelagem e dos dentes, a tosa higiênica e o corte das unhas. Leve seu cachorro para passear sempre, faça exercícios regulares com ele, brinque bastante e proporcione uma alimentação balanceada e de qualidade.

Recomenda-se também que sejam castrados, pois as cadelas têm facilidade para reproduzir e cios frequentes, além de poderem ter até 8 filhotes por gestação. Além disso, a castração também é indicada para reduzir casos de piometra, uma grave inflamação uterina que pode até levar a cadela a óbito.

Muitos boatos envolvem o assunto e acabam enchendo de dúvidas a cabeça dos tutores, então melhor conhecer os mitos e verdades da castração neste texto que fizemos aqui no blog, afinal o procedimento é muito importante no controle populacional de cães e bem-estar do pet que será castrado.

E se você adotasse um vira-lata?

Pare um momento e dê uma volta por aí. Você já notou a quantidade de cachorros abandonados vagando pelas ruas? Sem cuidados adequados, eles acabam transmitindo doenças, passando fome, sede, frio e ainda ficam vulneráveis aos maus-tratos. É de partir o coração, não é?

Se você está pensando em ter um pet, que tal salvar uma vida em vez de comprar uma? O seu vira-lata pode estar andando por aí ou em instituições que resgatam animais. Conheça esses lugares e se renda a eles.

Se você tem criança em casa, saiba que eles são ótimos cachorros para crianças ! É a oportunidade de dar a todos esses bichos um lar, uma família, cuidados e muito carinho.

Compartilhe com seus amigos:



Conheça outras raças da nossa série: Qual é a sua?


Home
Banho e Tosa
Creche e Hotel
Veterinário
Blog
Contato
Logo da Black White Pet

Black White Pet
Rua Santa Izabel, 253 - Vila Augusta - Guarulhos/SP
Fone: 4803-7000 / WhatsApp: 97101-4379
© 2017 | Todos os direitos reservados

Desenvolvimento de Sites: Linking Sites