Home
 
Empresa
 
Banho e Tosa
 
Creche e Hotel
 
Veterinário
 
Galeria
 
Blog
 
Contato
Whatsapp
 
 
 
Home
Empresa
Banho e Tosa
Creche e Hotel
Veterinário
Galeria
Blog
Contato
ˆ
Pata rosa Pet Black White Pet Guarulhos

Vacinas e o verme do coração

Verme do coração: um inimigo silencioso dos cães

Diferentes dos humanos por muitos aspectos, iguais por outros. Inevitavelmente, os nossos amigos de quatro patas estão vulneráveis a muitas ameaças naturais e tudo que seus tutores podem fazer é entender o quanto isso é comum e o que deve ser feito para evitar as consequências negativas causadas pela presença de um parasita ou verme dentro do organismo do cão, principal inimigo do animal em meio à natureza.

E entre muitos dos vários vilões da saúde animal está o desesperador Verme do Coração ou Dirofilária, parasita causador da Dirofilariose, nome científico da doença em questão. Caracterizada por alojar-se nas artérias pulmonares e no coração do cão, é uma doença preocupante e que vale o alerta, pois sua ação é silenciosa e, ao mesmo tempo, devastadora. Aos poucos, ela leva o melhor do nosso amigo canino: energia, vitalidade, disposição e vontade de viver.

Mas como posso identificar?

Imagem de um Beagle lindo deitado em um tapete branco em casa

Considerando que existe uma vantagem em nós que os cachorrinhos não podem usufruir, a fala e seu poder amplo de comunicação, a pergunta que fica é como ter certeza que o peludo está enfrentando problemas de saúde que são atribuídos aos parasitas/vermes? Você sabe como o verme do coração pode aparecer ou quais fatores e características fazem parte do quadro?

Pois saiba a seguir a origem, causas e como prevenir o seu cachorro da Dirofilariose.

Causas

Mais comum em cidades quentes e litorâneas ou então com presença forte de rios e cachoeiras, a doença popularmente conhecida como Verme do Coração pode também se manifestar em cidades mais urbanas, já que seus transmissores, os mosquitos Aedes, Anopheles e Culex infectam os cães transmitindo a eles as microfilárias do sangue de animais anteriormente infectados. Após o contágio, entre 10 e 15 dias surgem larvas com alto poder de infecção que, por fim, se alojam nas artérias pulmonares e no átrio direito do pet. As larvas se transformam em vermes adultos entre 6 a 9 meses após a infecção.

Geralmente a doença leva cerca de seis meses para se manifestar de forma mais agressiva, porém, o tempo varia de cão para cão. É uma doença que pode afetar não apenas cães como outros animais terrestres, inclusive os seres humanos. Por isso, todo cuidado é necessário.

Sintomas

Os cachorrinhos não costumam expressar com facilidade seus desconfortos e incômodos, então é essencial que o tutor fique sempre atento às mudanças de comportamento no animal. A dirofilariose é uma enfermidade muito sorrateira e potente, não por acaso seus principais sintomas podem passar despercebidos pelos humanos, mas os cães sentem na pele toda a aflição que a doença causa.

Tosse, falta de ar, esteja praticando alguma atividade ou não, perda de peso considerável, mudança de cor na língua, passando a ficar mais escura, dificuldade para brincar e se divertir, desânimo, retenção de xixi (o cão fica adiando o momento de urinar) são os sinais iniciais de que, talvez, o seu pet esteja com a doença.

Já na fase mais crítica a coisa se agrava, e órgãos como o fígado, coração e rins ficam comprometidos e falhos, o que culmina em problemas na região abdominal (a barriga do pet cresce, mesmo que ele esteja perdendo peso) e edemas pulmonares aparecem, dificultando cada vez mais o funcionamento do sistema cardiovascular do cão.

Diagnóstico e tratamento

Ao observar os sintomas, é recomendável que o médico veterinário realize uma bateria de exames específicos para confirmar a presença do verme e doença, assim como identificar o estágio no qual a doença do pet se encontra. Também é importante que o tutor descreva com o máximo de detalhes todas as manifestações negativas ou incomuns de comportamento do animal, pois assim o veterinário consegue traçar um diagnóstico mais personalizado e coerente para o estágio da doença. Exames de sangue, fezes e urina, ressonância, exame sorológico, radiologia, eletro e ecocardiograma são os principais exames e procedimentos técnicos para confirmar a presença da doença, que pode levar o pet ao falecimento diante da sua gravidade.

Confirmando o quadro, a próxima etapa é iniciar o tratamento. Alguns veterinários ainda consideram o método adulticida – matar os vermes mais desenvolvidos dentro do pet para que outros não apareçam – uma boa alternativa, porém, foi observado que tal tratamento prejudica a saúde já frágil do cão infectado, pois ao morrerem dentro do animal os parasitas podem obstruir artérias, veias e vasos sanguíneos do cão, levando-o ao infarto e, possivelmente, ao óbito. Logo, é mais prudente optar pelo tratamento em que as larvas do parasita são eliminadas, evitando efetivamente a presença de mais parasitas adultos e mais nocivos.

Assim, mais uma vez percebemos como é importante o papel do médico veterinário, não só para o diagnóstico como para oferecer ao seu cachorro o tratamento mais adequado e coerente ao quadro da doença. A atenção se faz necessária até sobre os medicamentos, pois dependendo de como o seu animalzinho está de saúde, alguns remédios não serão de grande ajuda e podem piorar a situação. Nada de buscar ajuda na internet, hein. Corra imediatamente para o veterinário em Guarulhos e confie a saúde do seu cão a quem estudou e se dedicou para fazer o melhor pelos animais.

A importância da profilaxia – ou prevenção contínua

Não é incomum ouvir por aí que vacinas e medicações não servem para nada, isso tanto para o ser humano quanto para o mundo animal. Contudo, ao analisarmos uma doença tão perigosa e agressiva como a Dirofilariose nós conseguimos repensar alguns conceitos e rótulos equivocados do senso comum e olhar com mais atenção e inteligência para a questão.

Quando você mantém em dia as vacinas e vermífugos do seu cão fica muito mais difícil que o organismo dele seja infectado pelo mosquito, pois é um corpo saudável e protegido, pouquíssimo vulnerável aos efeitos da natureza, inclusive a presença de parasitas e vírus mortais. Mas se você deixa o seu cão à mercê de doenças e demais enfermidades ao não manter sua vacinação, vermifugação e medicação em dia, saiba que as chances de ele ser afetado por algum problema de saúde serão ainda maiores e, infelizmente, em alguns casos o impacto dos sintomas é fulminante. É o que acontece com o Verme do Coração, que é sim mais comum em áreas litorâneas, mas seu avanço para os centros urbanos está cada vez mais rápido, o que podemos notar em casos de animais que são infectados mesmo que nunca tenham passado um diazinho sequer em praias ou parques cercados de afluentes e rios.

Como é importante cuidar do nosso pet com muita responsabilidade, disciplina e atenção para que doenças como as da matéria de hoje não os contaminem, não é mesmo? Ainda mais quando estamos falando de um mal que pode ser prevenido a partir da vermifugação adequada e cuidados preventivos indispensáveis à saúde do peludinho.

A Black White Pet abraça a causa em favor da prevenção desta e de todas as doenças que estão por aí, a rondar a vida dos nossos amados cães, por isso, nossa veterinária está sempre à disposição de clientes e parceiros para fazer o possível e deixá-los protegidos, saudáveis e felizes – e quem ama genuinamente os animais não deseja nada além disso. Certo?

Não deixe a doença chegar e o desespero bater na porta e também no coraçãozinho do pet. Marque sua consulta com a gente e mantenha sempre em dia o cronograma de vacinação, vermifugação e medicação que todo cão precisa. Vamos combinar assim?

Estamos sempre à disposição para cuidar do seu bichinho, otimizando a sua vida e a dele também. Afinal, com saúde, carinho, cuidado, proteção e um coração saudável o pet é ainda mais feliz!


Compartilhe com seus AUmigos ;-)


Home
Banho e Tosa
Creche e Hotel
Veterinário
Blog
Contato
Logo da Black White Pet

Black White Pet
Rua Santa Izabel, 253 - Vila Augusta - Guarulhos/SP
Fone: 4803-7000 / WhatsApp: 97101-4379
© 2017 | Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Linking Sites